Ir para o conteúdo

Prefeitura de Bertioga trabalha para manter serviços dos Correios na Cidade

11 de janeiro de 2019

Governo Municipal disponibilizou salas para que a população continue a usufruir dos atendimentos da empresa pública federal
Assim que a Gestão da Prefeitura de Bertioga ficou sabendo do decreto do Tribunal Regional Federal da 3ª Região – publicado no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 3ª Região, no dia 5 de novembro – sobre o despejo da sede da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, à época localizada à Av. 19 de Maio, foi organizada reunião emergencial com o gerente local, representantes regionais e secretários municipais. O Prefeito do Município, preocupado em não deixar a população sem atendimento, determinou que fosse providenciado um novo local.
Foram cedidas duas salas no Espaço Cidadão-Centro, à Av. Anchieta, 392, uma para atendimentos e outra para guardar documentos e correspondências. Segundo o Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, o local foi escolhido por estar bem localizado, ser de fácil acesso, sendo que todas as linhas de ônibus passam na avenida, próxima de agencias bancárias. A localidade também é bastante segura. “Além do espaço físico, a prefeitura também disponibilizou funcionários para ajudar a organizar as salas e auxiliar os usuários que chegam para serem atendidos. Algumas rotinas do Espaço Cidadão foram alteradas para viabilizar o atendimento, enfim, a prefeitura tem dado todo suporte administrativo”, conta.
Ainda de acordo com o Secretário Municipal, os Correios de Bertioga está enfrentando dificuldade interna em relação ao sistema de informação, que é próprio da instituição e não diz respeito à Prefeitura. “O Governo está acionando os órgãos superiores da instituição para que resolvam essas questões tecnológicas. Até sexta-feira (11), uma equipe técnica dos Correios estará em Bertioga para superar essa dificuldade”, afirma.
A prefeitura está correndo junto com os Correios e o Ministério de Comunicação para que a empresa consiga uma sede definitiva. O novo local já foi identificado e aprovado pela engenharia dos Correios. O Governo Municipal está acionando todos os órgãos responsáveis para que a mudança aconteça com agilidade.
“Essa atitude do Governo, principalmente do Prefeito é vital e imprescindível para a população e garante que não haja interrupção do serviço e para que os munícipes não precisem ir até outros municípios usar os serviços. Embora seja de responsabilidade do Governo Federal, o Governo Municipal pensou nas pessoas, em cuidar para que elas continuem a usufruir dos serviços da empresa pública federal”, conclui.