Ir para o conteúdo

Prefeitura e Polícia Militar realizam operação conjunta contra ‘pancadão’ no Indaiá

05 de setembro de 2017

Para atender aos apelos da população que sofre com os chamados ‘pancadões’, uma força-tarefa organizada pela Prefeitura organizou operação para inibir esse tipo de ‘festa’ a céu aberto durante a noite e madrugada do último sábado (02). O problema é o som alto, consumo de bebidas alcóolicas e drogas e muitos menores de idade até tarde na rua causando transtornos. O alvo da ação foi a Rua Sebastião Barbosa, no Indaiá. Durante a blitz, dois comércios foram autuados e um condutor teve a moto apreendida por falta de documentação e CNH.

Segundo o secretário de Segurança do Município, Taciano Goulart, a ação foi planejada para garantir o bem-estar e o direito dos munícipes. “Neste local há diversas denúncias por parte dos moradores, como perturbação do sossego, uso e venda de entorpecentes e condutores e veículos sem documentos”, diz.

A iniciativa resultou em várias autuações. Um condutor parado sem documento do veículo e CNH teve a motocicleta apreendida. Dois estabelecimentos flagrados com som alto foram multados em 1000 UFIBs (unidade fiscal de Bertioga), o que equivale a aproximadamente R$ 3260. O volume do barulho foi aferido com um decibelímetro.

A força tarefa contou com 18 agentes públicos. Dois guardas ambientais, oito guardas municipais e oito policiais militares integraram o grupo. Uma viatura do Trânsito, três viaturas da Guarda Civil, duas motos da Rocam e duas viaturas da Polícia Militar deram suporte à operação.

A ação começou por volta das 22h30 e terminou à 4h da madrugada de domingo. Como foi planejada com antecedência para evitar tumulto, os frequentadores que chegavam ao local se dispersaram e a população pôde dormir sossegada. A Secretaria de Segurança vêm estudando uma estratégia para realizar ação semelhante em Vicente de Carvalho II, diante do grande número de reclamações sobre os ‘pistões’ no bairro.