Ir para o conteúdo

Agenda Cultural

FORTE SÃO JOÃO

O maior cartão postal de Bertioga, o Forte São João, pode ser visitado por moradores e turistas. Visitação às quartas a domingo, das 9 às 18 horas. A entrada é gratuita.

FEIRAS DE ARTESANATO E ORGÂNICOS

Aos finais de semana a Casa da Cultura recebe feiras de produtos orgânicos e de artesanato, com expositores e artesãos locais. Funciona aos sábados das 16 às 22 horas; e domingos, das 10 às 16 horas

ARTE ITINERANTE

Grupo bertioguense Alma de Maré apresenta as memórias folclóricas e mitológicas do povo brasileiro se misturam a situações cotidianas contemporâneas que refletem sobre a relação entre ser humano e meio ambiente, no espetáculo “No Balanço da Maré, só não Dança quem não Quer!”

CONFIRA AS DATAS DAS APRESENTAÇÕES:

Dia 03/11, 15 horas – E.E. Jd. Vicente de Carvalho

Dia 10/11, 15 horas – Vila do Bem

Dia 24/11, 15 horas – E. E. Archimedes Bava

Dia 01/12, 15 horas – Ginásio da EMEIF Boraceia

TEATRADA

O projeto “Teatrada” é uma parceria da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura com o Sesc Bertioga.

DOM (11), 11h, CASA DA CULTURA: “Mjiba, a Boneca Guerreira”

Com a “Trupe Liuds”, o espetáculo infantil conta a história de dois palhaços carteiros que ao se depararem com uma encomenda sem remetente encontram algo totalmente inesperado. A partir dessa descoberta, apresentam e discutem de maneira lúdica os problemas enfrentados pelas mulheres negras na sociedade.

DOM (25), 11h, CASA DA CULTURA: “Os Coloridos

Com o grupo “Os Crespos”, o espetáculo infantil reflete acerca da diversidade cultural e étnica do país, duas araras, uma vermelha e outra amarela, conhecendo somente as suas próprias espécies, disputam o poder julgando uma a outra pelas cores de suas penas. Em um determinado momento se encontram com a arara azul e repensam seu comportamento.

MÚSICA É CULTURA

O “Música é Cultura” é uma parceria da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura com o Sesc Bertioga.

DOM (03), 20h, CASA DA CULTURA: “O Negro na Ópera”

O recital do quinteto “O Negro na Ópera” traz a história das primeiras cantoras líricas negras, da luta pela participação social e cultural dos povos escravizados, as influências e mesclas culturais entre África e Brasil e África e Estados Unidos da América, e desmistifica a estética única imposta até o começo do atual século.

DOM (17), 20h, CASA DA CULTURA: “Terra Preta”

A orquestra “Humanação Popular” traz, ao som da música instrumental, um casal de dançarinos interpreta ritmos de manifestações populares, advindas de tradições africanas, europeias e indígenas, como o Bumba meu-boi, o carimbó, a ciranda, o coco de roda, o cacuriá e o maracatu. A orquestra, formada por um conjunto de instrumentos de sopro e percussão, celebra as orquestras e bandas tradicionais e a música instrumental.

SARAU ARTE BURIKI

Iniciativa dos moradores da Cidade com o objetivo é disseminar cultura, proporcionando o fortalecimento de vínculos entre a comunidade local e visitantes. A programação reúne música, poesia, literatura, teatro, artes plásticas e outras manifestações artísticas, promovendo o encontro de pessoas que queiram declamar uma poesia, tocar algum instrumento, cantar ou exibir qualquer manifestação artística.

SERVIÇO

A Casa da Cultura fica na Avenida Tomé de Souza, 130, Centro, próximo ao Parque dos Tupiniquins e Forte São João.