Ir para o conteúdo

Carlos Terena é homenageado pelo projeto ‘Ruas e Memórias’, em Bertioga

05 de agosto de 2022

A Prefeitura homenageia Carlos Terena, idealizador, criador e coordenador geral dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas. A homenagem, parte do projeto “Ruas e Memórias”, ocorrerá no dia 12, às 17 horas, na rua lateral que dá acesso ao Forte São João. A via receberá o nome “Passarela Carlos Terena”.

A iniciativa tem como objetivo prestigiar e eternizar pessoas, dando o nome às vias ou praças públicas. Nos locais são instaladas placas que contam a trajetória de cada pessoa homenageada.

Sobre o homenageado:

Carlos Terena foi um símbolo de resistência e incentivo à valorização da cultura e sabedoria ancestral indígena no Brasil e no mundo. Ele nasceu em 1954, na pequena aldeia da Terra Indígena Taunay-Ipegue, no município de Aquidauana, Mato Grosso do Sul.

Desde muito jovem, quando atleta, cultivava o sonho de manifestar um evento que reunisse as diversas etnias do mundo e celebrasse a cultura e a diversidade indígena.

No ano de 1996, em Goiânia, Goiás, o sonho se concretizou com a realização da primeira edição dos Jogos dos Povos Indígenas. Com 12 edições nacionais e duas edições mundiais, os Jogos dos Povos Indígenas se tornou um dos eventos culturais e desportivos mais importantes do mundo, especialmente para a população indígena.

Carlos foi idealizador, criador e coordenador geral dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, junto do irmão Marcos Terena, e também teve papel importante na organização de eventos relacionados à cultura indígena em Bertioga.

Esposo de Terezinha Batista, pai de Maíra Elluké e Melissa Mõngé, e avô de Hanna Allunoé, Carlos faleceu em 12 de junho de 2021, devido a complicações da Covid-19, aos 66 anos de idade. Carlos Terena deixa um legado eterno e inegável à população indígena de todo o mundo.