Ir para o conteúdo

Educação de Bertioga é campeã no ranking do Ideb 2021 na Baixada Santista

23 de setembro de 2022

Bertioga conquistou o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2021 na Baixada Santista. O Município alcançou a nota 6,1, na avaliação dos anos iniciais do ensino fundamental, junto com Praia Grande. 
 
Os dados, divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) na última sexta-feira (16), revelam que a rede municipal de ensino de Bertioga está acima da média nacional e se mantém com os melhores indicadores de ensino público da região.
 
“Não é uma surpresa para nós, mas ficamos ainda mais felizes com esta nota, que corresponde a um sistema educacional de qualidade de países desenvolvidos. Com nosso planejamento, nos reinventamos para nos manter à frente da educação da Baixada. Nosso agradecimento especial a todos os professores e profissionais da educação que não mediram esforços para tornar essa conquista realidade”, revela Caio Matheus, prefeito de Bertioga.
 
O levantamento, principal indicador nacional de qualidade da educação, avaliou o ensino dos anos iniciais do fundamental em 12 escolas da rede municipal. O resultado foi baseado no desempenho apurado no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) juntamente com as taxas de aprovação do Censo Escolar.
 
Destaque para a Escola Delphino Stockler de Lima que alcançou a melhor colocação entre as unidades de ensino da rede municipal, com nota 7,1, mantendo a mesma pontuação do Ideb 2019. 
 
A ótima colocação no ranking do Ideb entre as cidades da Baixada Santista é resultado dos investimentos contínuos em educação e do esforço da Administração Municipal, professores e equipes escolares, para garantir a aprendizagem dos alunos, mesmo durante a pandemia.
 
Com a suspensão das aulas presenciais em razão do enfrentamento à covid-19, a Prefeitura de Bertioga disponibilizou para os estudantes da rede municipal aulas remotas através de plataformas digitais, internet gratuita, material impresso e livros didáticos. Também garantiu a alimentação dos alunos em casa, com a entrega de kits de alimentos.
 
Já com o retorno das aulas nas escolas, a partir do segundo semestre de 2021 de forma integral, Secretaria de Educação deu início a um conjunto de ações para a recuperação da aprendizagem dos alunos, incluindo formação para professores, curso de férias, atividades no contraturno escolar e também aos sábados. Nas unidades de ensino, foram realizadas avaliações diagnósticas para detectar defasagem curricular dos alunos no período pós-pandemia.
 

Para Rubens Mandetta, secretário de Educação, o esforço e dedicação de todas as equipes escolares contribuíram para que Bertioga atingisse esse resultado. “Diretores, assistentes, coordenadores, professores, enfim, toda a comunidade escolar, conseguiu fazer os alunos manterem o elo com a escola neste período de distanciamento e também na volta às escolas, com tudo o que foi oferecido, reparamos e buscamos o estudante para o ensino”, declarou o secretário.