Ir para o conteúdo

Operação Praia Segura fiscaliza veículos irregulares no Município

31 de dezembro de 2014

Com o objetivo de fiscalizar veículos que realizam turismo de forma irregular no Município, as Secretarias de Segurança e Cidadania e Turismo, Esporte e Cultura estão intensificando a ‘Operação Praia Segura,’ que visa dar melhor ordenamento à ocupação de áreas públicas para estacionamento nesta época do ano.

Ônibus, vans e microônibus que quiserem passar um dia em Bertioga devem obter uma autorização junto à Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura. Os veículos que não estiverem regularizados serão apreendidos, sendo liberados somente após o pagamento dos valores referentes à multa, guincho e estadia.

Em uma ação conjunta, as secretarias abordaram, no último domingo (28), quatro veículos, durante uma operação, sendo dois em Vista Linda e dois na Riviera. Quatro vans foram apreendidas no Município e recolhidas para o pátio da Polícia Rodoviária, por conter irregularidades na documentação. No último dia 21, foram fiscalizados três ônibus irregulares na praia de Boracéia.

De acordo com o chefe de seção de Administração e Planejamento, Elidio Morais, a Operação Praia Segura, visa disciplinar o turismo na Cidade, proporcionando uma melhor estadia e evitando transtornos para os moradores. “Desde o início da operação já foram fiscalizados 189 veículos no Município. Durante a temporada de verão vamos intensificar a operação, percorrendo os pontos principais do Município”, salienta.

REGRAS

A circulação e estacionamento de ônibus no Município são autorizados pela Lei 45/93, regulamentados pelo Decreto nº. 817/03, que visa garantir a segurança da população e dos turistas, bem como a utilização ordenada dos equipamentos urbanos e dos pontos turísticos, dentro dos limites da infraestrutura existente. Informações podem ser obtidas junto à Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura pelo telefone 3319-9206 ou pelo e-mail:  turismobertioga.autorizacao@gmail.com.

A autorização para acesso e circulação no Município é expedida mediante o pagamento de tarifa no valor de R$ 300,00 para ônibus, R$ 150,00 para microônibus e R$ 100,00 para caminhonetes. Em caso de infração, as multas vão de R$ 1.400,00 a R$ 4.200,00.