Ir para o conteúdo

Prefeitura amplia pontos de atendimento do Praia Acessível

29 de julho de 2014

Bertioga já se consagrou como um dos principais destinos para quem quer curtir o turismo de acessibilidade na praia. Isto porque o Município desenvolve com sucesso o Programa Praia Acessível, do Governo do Estado, que disponibiliza cadeiras anfíbias para o banho de mar com segurança para pessoas que têm mobilidade reduzida. E agora, a Prefeitura de Bertioga, por meio da Secretaria de Segurança e Cidadania, está ampliando o programa, estabelecendo novos pontos para a retirada das cadeiras.

São cinco pontos de atendimento: dois no Centro, um no Indaiá, um na Riviera de São Lourenço e um em Boracéia. Além disso, a Diretoria de Acessibilidade e Inclusão, gestora do programa, ainda disponibiliza cadeiras anfíbias para eventos, mediante solicitação.

No Centro, os pontos de atendimento ficam na praia da Enseada, em frente à Secretaria de Segurança e Cidadania (Avenida Tomé de Souza, 1.911), com funcionamento das 10 às 15 horas e o telefone é 3317-4259; e em frente à colônia de férias do Sesc (Avenida Tomé de Souza, 3.228), das 10 às 15 horas. O telefone é 3319-7000. Em ambos os pontos, o serviço fica disponível de segunda a sexta-feira.

No Indaiá, o serviço fica disponível no Cantão do Indaiá, em frente à Diretoria de Acessibilidade e Inclusão (Rua Caminho do Capão, 92 – ao lado do Senai), das 10 às 15 horas, de segunda a sexta-feira. O telefone é 3317-4257.

Na Riviera de São Lourenço, o atendimento é feito pela Associação dos Amigos da Riviera de São Lourenço e fica disponível na praia da Riviera, na altura da Avenida Principal. O horário é das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. O telefone é 3319-5005.

Em Boracéia, a Ong Boracéia Viva é a entidade parceira para a realização do Programa Praia Acessível e o funcionamento é somente aos finais de semana, mediante agendamento pelo telefone 3312-1252.

Em eventos, os interessados em utilizar as cadeiras anfíbias podem solicitar por meio da Diretoria de Acessibilidade e Inclusão, pelo telefone 3317-4257. Também são disponibilizados facilitadores para utilizar os equipamentos, bastando o interessado preencher um documento de responsabilização.