Ir para o conteúdo

Ruas e Memórias homenageia Amazino Mercer Guimarães

22 de novembro de 2021

O Projeto ‘Ruas e Memórias’ da Prefeitura de Bertioga homenageia neste sábado (27) Amazino Mercer Guimarães, o primeiro taxista da cidade. A cerimônia será realizada na Rua Cinquenta e Três, no Vista Linda, que passa a levar o nome do homenageado.

O projeto tem o objetivo de prestigiar pessoas que marcaram o Município, as eternizando, dando nome para ruas ou praças, com placas que contam suas trajetórias.

Saiba mais sobre o homenageado:

Amazino Mercer Guimarães nasceu no dia 18 de maio de 1935 em Reserva-PR. Filho primogênito do Sr. Eusebio e Sra Maria Izabel. Seus pais foram em 1942 para trabalhar na construção da Usina do Mauá, onde realizou os primeiros estudos.

Aos 14 anos cursou a Escola Comercial de Contabilidade e, paralelamente, trabalhou no Armazém das Subsistências da Klabin no Paraná. Aos 18 anos foi para o Exército Brasileiro, ficando por um ano.

Através do convite do irmão José Maria, em meados de 1980, se mudou para Santo André-SP para gerenciar a seção contábil na Fábrica do irmão. Em 1986 conheceu o loteamento Costa do Sol. Ele se encantou pelo local e acabou comprando um terreno. Construiu uma casa e trouxe toda a família para residir em Bertioga.

Em 1993, pós-emancipação do Município, deu entrada na tão sonhada Licença de Taxi como um dos primeiros motoristas. Ele se orgulhava de ter a licença nº 01 em 1997. Conhecia cada canto da cidade, trabalhava com prazer, dedicação e tratava cada passageiro como um amigo. Desta forma ficou conhecido em toda Bertioga por sua simpatia e carisma.

Amazino Mercer Guimarães faleceu no dia 6 de fevereiro de 2021. Ele era casado com Margarida Marins Guimarães. Tiveram seis filhos, sete netos e dois bisnetos.